Desfrute da Leitura...

Seja um leitor. Aproveite!!

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Igreja: um lugar de respeito


A Igreja não tolera preconceitos, discriminação... mas também não permite desrespeito. O Homem foi criado para disseminar a espécie, mas antes disso, seguindo a tradição ou dogma cristã, deve-se casar para selar o matrimônio. Opções sexuais existem e devem ser respeitadas, porém, há uma tolerância quanto a elas.  Na igreja casa-se homem com mulher, “casal” contrário a esse só fora da igreja.

As pessoas evoluem, porém, às vezes, perdem o bom senso e o respeito. Os homossexuais não podem ser discriminados e nem devem ser tratados com preconceitos estabelecidos pela sociedade. Mas não podem também tratar a Igreja com desrespeito. Casar é uma opção de todos, contudo, dentro do templo sagrado sela-se o matrimônio de homem, fisicamente e geneticamente homem, com mulher, também fisicamente e geneticamente mulher.

Nem sempre o que o Estado considera legal é moral na concepção de alguns grupos sociais, como é o caso da igreja católica, que inadmite a relação homoafetiva, mais ainda seu casamento na igreja. Quantos anos se passaram para que a igreja viesse a tolerar o divórcio? Não podemos confundir preconceito com liberdade de expressão, com o livre direito de pensar, de discordar.

Deve-se existir, portanto, uma reciprocidade de ambas as partes no que se trata de respeito, seja o respeito humano ou o cristão, ou seja, com a Igreja. Todos têm o livre arbítrio de fazer escolhas, seguir caminhos que acham ser melhores, e isso é uma opção e deve ser respeitada. No entanto, quando se trata de um respeito maior, no caso, história da criação do Homem, de acordo com os ensinamentos cristãos, há de se ter o máximo de racionalidade e bom senso. Casar e frequentar a igreja não é proibido, proibido é desrespeitá-la. Dentro da igreja casa-se homem com mulher!


quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Juá, você não morrerá!


O desenvolvimento de uma cidade também depende das riquezas naturais da mesma. Santarém, situada no Oeste do Pará, banhada pelo rio Tapajós, jamais pode perder sua beleza natural: praias, fauna, flora...para prédios, asfalto e etc. O progresso não pode passar por cima do que Deus deixou de herança ao seu povo. Desenvolvimento sustentável deve ser posto em prática, não apenas ser usado como teoria.

Décadas atrás existia a praia da Vera Paz, uma linda praia por sinal, que muitos, os mais novos, não tiveram a honra de desfrutá-la, apenas escutar de sua beleza por lembranças dos pais ou parentes mais velhos. No presente momento a praia já não existe mais. O que há é a Cargil, que veio para desenvolver, melhorar as condições e muitas outras promessas em prol da cidade, mas não passou de “La La La La La La”. Sem contar o impacto ambiental e etc.

Neste ano de 2012, o alvo é a praia do Juá, bem próxima da cidade, já está sendo a vítima da vez do progresso desrespeitoso de algumas pessoas. Aos arredores já não se vê mata, só terra e nada mais. Mas não para por aí, ainda se pretende desmatar mais 54 ha, porém, isso, com a absoluta certeza, não vai acontecer, porque a população quer desenvolvimento sustentável e não progresso desregrado.

O que Deus deu é para ser cuidado e usado com racionalidade, porque a natureza não está presente em nosso meio por acaso, tudo tem seu motivo de existir. E com essa linha de pensamento deve-se lutar para que as riquezas da região não sejam destruídas em prol do crescimento agressor, como esse aos arredores do Juá.

Desenvolvimento deve andar junto com o meio ambiente, logo deve existir um caminho para que no futuro Santarém cresça, se desenvolva e progrida do jeito que a maioria dos santarenos, espera-se, deseja: cidade bem estruturada, com pouquíssimas desigualdades e rica em belezas naturais. O progresso não pode inferiorizar, anular o meio ambiente, principalmente quando há suspeitas de descumprimento com as leis e regularidades ambientais.

Portanto, vale ressaltar mais uma vez, desenvolvimento todos querem, mas deve existir em conjunto natureza-progresso, progresso-natureza. Santarém tem pessoas capazes de realizar tal pensamento, só basta agir conforme o que se propõe, e evitar a ignorância e o desrespeito com a natureza. Pensamento imediatista gera consequências intermináveis. Em prol de uma vida ecologicamente correta e de grandes conquistas precisa-se de mentes com pensamentos em função de todos. Salve o Juá!


sábado, 8 de dezembro de 2012

Mãe do céu, Nossa Senhora da Conceição.



O mês é dezembro, o dia é 8, mas o ano sempre será Dela. A Virgem Imaculada Conceição, a mãe de Jesus Cristo, a intercessora de cada filho aqui na Terra. Fez de tudo pelo seu filho e Ele faz/fará de tudo por Ela e para Ela.

Nunca a vimos, assim como também não tivemos a honra de conhecer seu filho Jesus, porém, sentimos sua presença, seja através de cânticos, orações, conversas...

Sou suspeito de falar Dela, mas sei que assim como minha mãe, aqui na Terra, faz de tudo por mim, para mim, com certeza, a minha Mãe maior também faz e fará.

Sei que sou um pecador, não sou um filho perfeito, tenho meus momentos de rebeldia, mas a minha Mãe/mãe sempre será minha intercessora, minha protetora, minha confidente, a quem sabe dos meus problemas e que sempre irá estar comigo e eu com Ela/ela.

A imagem só é uma simples imagem, não me interpretem mal, sei que muitos, a maioria, vêem a imagem como a própria mãe do céu, ali, de verdade. Mas não é. A gente sente e vê ela no silêncio, no escuro, no sono, em todos os momentos de nossas vidas... Maria, assim como Jesus Cristo, está em nosso interior, ao nosso lado, caminhando junto e iluminando nossos passos. Respeito quem valoriza a imagem dela,e por isso está colocada no blog.

Portanto, repetindo, não sou o filho ideal a falar de minha Mãe, mas o que eu tenho a considerar nesse último parágrafo é que a Mãe do céu está comigo, com você e com todos, até com aqueles que não acreditam Nela, porque nenhuma mãe abandona seu filho. Nossa Senhora da Conceição, a padroeira de Santarém e do mundo, cubra-nos de bençãos, paz, amor, alegria e tudo de bom. Abençoe todos os seus filhos e levem ao Pai, todos as nossas angústias, decepções e sofrimentos, para que através da Senhora possamos ter um mundo mais vivo, melhor e rico de pessoas espiritualizadas e enriquecidas no amor e na paz. Viva a Nossa Senhora da Conceição! Amém!



segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Só no fim de 2013? Brincadeira,hein?!


Réus do mensalão devem ser presos apenas no fim de 2013


A fase de dosimetria do julgamento do mensalão, em que foram definidas as penas para os réus, já terminou. Os réus condenados, porém, devem ser presos apenas no final de 2013. A opinião é do colunista Marcelo Coelho e do repórter de Poder Flávio Ferreira.

"Todos os votos vão ter que ser revistos e depois vai ter que ocorrer a publicação do acórdão, que é o resumo escrito da decisão do colegiado. Então isso pode levar meses. Somente após essa publicação é que será possível apresentar os recursos. Prisão acho que só realmente para o final de 2013", diz Ferreira.


segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Lugar de carro é no asfalto!




De acordo com o dicionário, ignorância é: Condição de quem não é instruído; Falta de saber; Estado de quem ignora ou desconhece alguma coisa; Falta de educação, estupidez, grosseria.

O que a foto nos mostra realmente é pura ignorância. Falta de informação não é a desculpa para tal atitude, mas sim o ato de ignorar alguma coisa mesmo. E como o próprio dicionário descreveu o ignorante, realmente, é quem tem muita falta de educação, estupido e grosseiro, no caso, com a natureza principalmente.

Essas fotos foram tiradas numa das mais belas praias de Santarém, chamada de Carapanari, no entanto, sofre com atitudes de pessoas ignorantes. Vale ressaltar aqui as praias de Belterra, que também estão sofrendo com isso. Pessoas que se acham no direito de por seus carros dentro da água, sobre a praia, e mais, que pensam ser as donas do lugar, usando a praia como uma pista, um asfalto para brincar e colocar a vida dos banhistas em risco. 

Órgãos públicos, que devem atender aos anseios da população e fiscalizar as atitudes erradas, peço-lhes que cumpram seus papéis de direito e fiscalizem as nossas belas praias e punham essas criaturas que se acham superiores até em relação a natureza, só porque tem dinheiro, carrão e etc. Fiscalização, seja firme e séria nos seus atos, em prol da natureza e dos banhistas. Lugar de carro é no asfalto!

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

O esporte que encanta a todos.



O esporte dos pobres e dos ricos também. Quem o inventou jamais imaginaria que chutar uma bola de um lado para o outro fosse fazer tão bem a humanidade. Mas fez e faz. Seja branco ou negro, todos compreendem a linguagem dessa belíssima modalidade, que separa equipes, com o único objetivo, colocar um objeto redondo no fundo do barbante, como dizem os eternizados narradores da querida AM.

É tão popular que basta o fim de semana se aproximar, que qualquer lugar onde tiver dois pedaços de tijolo para servir de trave, uma bola e, no máximo, quatro jogadores, dois – dois, já virá a famosa “pelada”.

Não existe idade para praticar esse encantador esporte, basta experimentar uma vez e nunca mais deixará de desfrutá-lo. Ele encanta. Perfeito!

O pico de “bater aquela pelada” é nos fins de semana, mas vai dizer que é uma regra, uma norma a ser seguida, é capaz de ter uma revolução futebolística. Vicia.

Independente da cor da pele, da opção sexual, da classe social, enfim, ele une, faz com que todos virem uma única família. No final da brincadeira, todos são amigos, irmãos e eternos “peladeiros”.

Se um dia alguém pedir para eleger uma das melhores invenções que o Homem já criou, sem dúvida, esse esporte estará no meio. Graças a ele, a paz se fez reinar em vários países, o amor, a alegria, o sonho, a esperança se fizeram presente na mente das pessoas.

Um dia, portanto, alguém vai lembrar, seja velho ou novo, eu fui feliz, fiz amizades, vivi intensamente minha vida praticando um dos mais belos esportes já inventados na Terra, o futebol.

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Educação desde o princípio!




O futuro da nação está diretamente ligado ao “berço” de cada família brasileira. O Brasil precisa cuidar da base familiar, da educação primária primeiramente, para não sofrer com rebeldias no futuro, como já vem sofrendo. É óbvio que há exceções, havendo então a necessidade de uma educação secundária, de restabelecimento aos padrões educacional e social já estabelecido, mas isso não pode ser generalizado, levado como algo universal, pois a garantia de excelentes seres humanos, moral, intelectual e socialmente falando, depende da boa formação desde os seus primeiros passinhos na Terra.

Se hoje o Brasil sofre com problemas sociais, intelectuais...o responsável por isso são os grandes administradores desta nação, vale ressaltar que isso vem de gerações, de séculos passados e que ganhou mais força no decorrer das décadas. E não se pode deixar de escrever que a educação, a boa conduta depende da “cultura” de cada família com seus descendentes também. Mas, antes disso tudo, não se pode deixar de esquecer, novamente, os queridos e ilustríssimos governantes brasileiros, cujos são responsáveis por garantir escolas de qualidade àquelas pessoas que não podem estudar em instituições particulares, que não podem gozar das mesmas mordomias de famílias consideradas estáveis financeiramente. Isso é dever, compromisso do Governo.

São Paulo, por exemplo, vive em estado de alerta, uma vez que o crime na cidade se faz presente a cada instante do dia. Pessoas se matam como se fosse brincadeira de criança. Morrer virou algo além do cotidiano. O tráfico tomou conta do país. A prostituição só cresce. Crianças vivendo nas ruas não há nem mais espanto, desespero, pena por parte das demais pessoas. Governantes furtando, desviando dinheiro aos cofres pessoais virou moda. Soldados matando pessoas inocentes e participando da criminalização nem se fala.  E quando surge um crime que choca o mundo, o Brasil, as pessoas, aparecem os governantes, os Direitos Humanos e a solução para isso é educar, para posteriormente reintegrar à sociedade. Ridículo! Não que educar seja algo ruim, mas tentar formar um cidadão a partir de erros absurdos é lamentável. Educar no sentido inverso, ou seja, depois de grande, é burrice.

A cultura brasileira “o brasileiro sempre dá o seu jeitinho” é que fez e faz o Brasil ser o que é hoje, levando em consideração, obviamente, os problemas sociais. E essas mazelas só irão cessar, diminuir quando o Governo criar vergonha, ou quando outras pessoas, com pensamento não imediatista aparecerem. Melhor. Quando a cúpula dos “homens de preto” deixar eles aparecem para mudar a forma que o Brasil é governado. Quando isso acontecer, ou quando esses mesmos políticos que estão hoje atuando e as demais frentes que injetam investimentos no país começarem a pensar um pouco mais nos outros, no Brasil, a situação tenda a melhorar.

As desigualdades, portanto, são as responsáveis por todos os problemas que o Brasil vem enfrentando hoje. Quem causa isso é a falta de educação que não é distribuída a todos de forma igualitária, desde o início, ainda criança. O Brasil deve ser um país para todos, como a própria publicidade exalta.

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Uma praga tolerável



Dinheiro é uma praga tolerável. Ele pode até te levar a conhecer o mundo, a vestir as melhores roupas, os melhores sapatos, pode te dar uma casa, um carro, uma lancha, mas a felicidade plena nunca irá te dar. Porque felicidade não é o dinheiro, e sim os melhores amigos, o amor dos pais, o ajudar o próximo quando ele precisar, o amor entre casais, amor na família, paz, satisfação com a sua profissão, com seus estudos...

Bens materiais são apenas bens materiais. Sorriso de um amigo, de uma mãe, de uma namorada, de um pobre, isso não tem preço. Dinheiro compra a felicidade efêmera, mas não a felicidade plena. Por isso que ele é uma praga tolerável, porque seu objetivo é simples e direto: achar que a felicidade está num simples par de sapatos da moda. É uma praga tolerável, porque a partir do momento que ele passa a ser o único objetivo do ser humano já começa a trazer problemas, como a inveja, a ganância, o ódio, a raiva, a dor...

Dinheiro, portanto, tem seus benefícios materiais, que todo ser humano, mesmo não querendo, acaba colocando como objetivo de vida. Todos, sem exceção, são assim. Mas a felicidade plena, a verdadeira, não é comprada numa loja de carros, de computadores, de sapatos, essa felicidade, conquista-se, adquire com o tempo, com a convivência, com as boas amizades, bons relacionamentos e com muito amor. Isso o dinheiro jamais irá conseguir. A felicidade eterna é abstrata e impagável, ela é sem preço. 

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Jovens..., Sois Fortes!




Um mês com algumas datas para jamais esquecer. Um dos melhores dias de minha vida. Dias de bastante aprendizado e encontro, com Deus e Maria.

A intenção era de descrever cada minuto que eu passei naquele lugar chamado emaús, mas como disse o padre ao interrogá-lo sobre uma dúvida minha, ele respondeu: “poder pode, mas não deve”. Por isso, não irei contar detalhadamente os momentos, que só quem participa, presencia sabe o quanto esses dias no cursilho são fantásticos e emocionantes.

O que eu tenho a dizer, a concluir desses ilustríssimos dias de minha vida, é que nada sei, e que Deus nos faz melhor quando não temos vergonha Dele, quando vivemos a palavra Dele, quando refletimos sobre nossas vidas, principalmente nossos pais, nossos queridos pais, que em determinadas situações deixamos de valorizá-los, mas ao encontrar, ficar bem de perto com nossa Mãe Maria e nosso Pai Jesus Cristo, sentimos a presença deles, de nossos pais, e percebemos o quanto eles são primordiais em nossas vidas.

Aprendemos, também, que a humildade é fundamental, você pode ser doutor em alguma Ciência, e achar que pode tudo, ou seja, ter a sensação de ser autossuficiente, e de que Deus não é tão importante assim, e que a vida está sob suas ordens. Mas não. A vida, Jesus, Maria devem estar sempre sobre nós, sempre nos guiando em nossas atitudes, nossos caminhos e seja na vitória ou na derrota, eles não irão nos abandonar e devemos sempre contar com Eles.

O ano de 2012, portanto, ficará marcado na minha memória, mas não apenas como algo bom que foi vivido por mim, e sim como um momento no qual aprendi a valorizar totalmente meus pais, irmãos, namorada e todos que me cercam. E sempre, nunca esquecer, que Deus é maior que tudo em nossas vidas. Ele é responsável por tudo, nós apenas devemos agradecer por todas as coisas maravilhosas que Ele nos dá e saber usá-las: evangelizando, agindo para o bem, com boas atitudes, respeito ao próximo, dialogando e vivendo com moderação, sem abusos. O Homem não é o centro do Universo, mas sim Deus, Jesus Cristo e sua Mãe Maria.

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo. Para sempre seja louvado. Amém.

sábado, 27 de outubro de 2012

Belo Monte, nosso dinheiro e o bigode do Sarney


O que e quem está por de trás de um grande projeto como o da usina Belo Monte, que no começo, em 2006, foi anunciada com um custo de 4,5 bilhões e atualmente, há estimativas de a obra não sair por menos de 32 bilhões de reais? A usina que irá funcionar à plena carga só durante quatro meses ao ano, por causa do regime hidrológico da região.  E mais, 80% da grana para essa construção é dinheiro público, é o nosso dinheiro.

Por conta disso e muito mais, recomendo a leitura da entrevista do renomado professor da USP Célio Berman, especialista na área energética do país, ex-assessor da presidenta Dilma à época em que era ministra de Minas e Energia no governo Lula, a respeito do malfadado projeto de construção da usina Belo Monte, da lavra da jornalista Eliane Brum, publicada na revista Época, como se infere da colação infra: 


terça-feira, 16 de outubro de 2012

A natureza é Fantástica. Não tem preço!










Fotos de Gil Serique.

A voz da natureza



                                       E os pássaros se comunicam, 
                                       O tempo acalma e o som ecoa;
                                       Não se sabe o que eles querem dizer,
                                       Mas algo de bom terão a fazer;

                                       A natureza é fantástica,
                                       Todos devem respeitar,
                                       Porque acima de nós, só ela pode estar; 
                                       Então fiquem atentos às lições que ela lhes dá;

                                       Os passarinhos anunciam coisas boas,
                                       Mas ruins também podem dar;
                                       Fique atento e não os despreze,
                                       Porque a natureza quer nos preparar;

                                       Amanhã é outro dia,
                                       E para outros pode não ser;
                                       Cultive o que há de bom,
                                       Para a natureza não te surpreender.

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

A vida como ela é



A vida é perfeita. Imaginemos a seguinte situação, tente pelo menos: se tivéssemos a capacidade de voltar para o ontem, como um simples toque no controle remoto para retornar ao canal anterior, ninguém morreria; se não existisse o futuro então, a morte não ia ter sentido; e se só tivéssemos o presente, seríamos apenas seres estáticos, sem rumo, a evolução jamais iria existir e iríamos viver em um mundo sufocado por pessoas, animais e plantas. Iríamos viver numa floresta, ou não. E a História, pobre História, nem sei o que seria dela.

Isso é apenas alguns dos fatores para a vida ser como ela é: ontem (nascer), hoje (crescer), amanhã (morrer). Perfeita!

terça-feira, 9 de outubro de 2012

Tatu bola é Brasil!


Chega de estrangeirismo ou algo parecido. O povo quer o nome do nosso mascote de tatu bola, então tatu bola será. Não é uma pequena parcela da população que pode se achar no direito de sugerir nomes, estranhos por sinal, e o povo ficar sem opções e sem autonomia em escolher o que lhe é conveniente. O Brasil pede tatu bola, então que se faça democracia e os "homens" atendam ao pedido de nós brasileiros, que é maioria por sinal. Tatu bola na Copa do Mundo de 2014!

Arte: desenho técnico - o começo!






Pensamentos imos se concretizando em simples desenhos. A arte, seja de qual forma ela se apresente, ela deve ser bem apreciada. Números matemáticos, ocultados por traços, ângulos..., também são uma boa leitura.

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Arte: música!


A música é uma das artes mais bonita que existe. Ela me traz a paz, a fé, a esperança, a alegria, a tranquilidade, os bons pensamentos e aguça a sabedoria...Ela me motiva a acreditar sempre que o amanhã será bem melhor que hoje, assim como cada nota musical que é tocada e levada pelo vento. Ela é efêmera aos nossos ouvidos e imortal aos nossos pensamentos. Viva a arte. Viva a música.

sábado, 22 de setembro de 2012

Padre pode casar?



Padre também é ser humano. Se a própria Lei de Deus proclama: “crescei e multiplicai”, por que os “homens da batina” não podem casar e perpetuar a espécie? É melhor um padre bem casado, ministrando os ensinamentos cristãos, a sujeitar-se a tentações e consequentemente a erros e pecados, em função da criticada vedação sacerdotal. Isso não é correto.

Os casos de pedofilia, por exemplo, são manchetes constantes nos jornais, sem contar os que jamais foram desvendados pela própria Igreja católica. Não há justo motivo, penso, para se negar aos padres o natural direito de casar e formar família, como ocorre com outras religiões. O celibato desrespeita as Leis de Deus e da própria natureza.

Destarte, salutar é pensar, hodiernamente, em se relativizar o dogma do celibato, facultando aos padres a formação de seu próprio núcleo familiar. Se as leis da natureza e divina, como sobredito, autorizam o relacionamento sexual, essencialmente fisiológico, por que razão a igreja condena magnânimo ato de amor?

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

“João sacaca”



Diretamente do interior, do sítio, das quebradas do imumum e jarí, hoje homenageio João Vasconcelos, o “João sacaca”,como é conhecido pela maioria, o velho mais jovem e sacana que conheço. Muito orgulho desse coroa, de seu espírito alegre, brincalhão que sempre foi e é. Meu avô!

Aos seus 81 anos só não faz outras coisas porque quis a vida que ele ficasse cego dos dois olhos, sendo que durante muito tempo só enxergava de um lado, vindo a ficar cego dos dois há pouco tempo. Quis a vida também, que logo após a perda de minha avó, esposa dele, viesse a cair e quebrar o fêmur, chegou a fazer cirurgia, porém, houve a necessidade de se fazer outra, mas pela idade acabou não realizando o tal procedimento, levando o meu avô a sentir bastante dificuldade em andar, mas anda.

Apesar disso tudo, alguém pode estar se perguntado, com certeza, o velho está depressivo, triste, morrendo...Opa! Enganou-se quem pensou assim. O meu avô é um cara em forma, corpo de moleque, espírito de jovem, só não é malhado, no entanto, está com a autoestima elevadíssima. Moleque mesmo. Quando mulheres o visitam então, é melhor ficar de olho, porque mesmo cego, ele adora acariciar as mãos de quem tenta tratá-lo como coitadinho. Tudo que ele mais gosta. Sacana!

Conto mais. Meu avô quer mulher. Vocês podem não acreditar, mas apesar da morte de minha avó, pouco tempo depois, vou ser sincero, três dias depois, já pensou em arrumar uma mulher, mesmo com as dificuldades citadas acima.

Eu tenho orgulho do meu avô, porque o tanto de gente que deve estar na mesma situação que a dele, pior até, enfim, com dificuldades, com certeza está depressivo, triste, morrendo...Mas ele não! Meu avô mostra aos filhos, aos netos e a quem o conhece que a vida, quando se tem vida, deve ser levada assim, na brincadeira, com a autoestima lá em cima, e com um pouco de malícia também. Isso não tira pedaço. Temos uma única vida, então, aproveitemo-a com todas as forças, apesar das dificuldades e ponto. Obrigado, vô, por ser esse cara fantástico. Só admiração e orgulho desse velho sacana!

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

IGNORÂNCIA!





Olha o que a nossa querida, maravilhosa prefeita Maria do Carmo tentou fazer na praia de Alter - do - Chão. Olhem bem a tremenda ignorância, a falta de respeito, de sensibilidade com o povo de Alter, de Santarém, do Brasil e do mundo. Penso que é para os moradores que têm lanchas, jet-ski...Besteira!!!!! Os moradores mal têm canoa, vão ter essas "coisas" aí. Conversa para boi dormir isso sim. Destruir a natureza é burrice sem tamanho definido. Até que ponto ponto o dinheiro, o poder deixa as pessoas BURRAS? Até que ponto? IGNORÂNCIA!!!!!!!!!!!

terça-feira, 11 de setembro de 2012

Quem mata no trânsito é criminoso também.



A vida é infinitamente valiosa. Punir quem mata no trânsito é o correto. Dirigir com responsabilidade é mais do que dever. Achar que acidentes de trânsito com vítimas fatais são apenas acidentes, sem levar em consideração a causa, o motivo, é pura ignorância. Campanhas acontecem a todo instante, as mortes por imprudência no volante também, mas as leis com bastante rigor, pouco se ouve. A punição maior se faz necessário.

Todos os dias morrem pessoas nas ruas por causa da imprudência, da rebeldia dos motoristas e nada é feito, a não ser pagar o conserto do carro, dar cestas básicas para a família da vítima, passar um a quatro anos na prisão– chegando,às vezes,  bem menos que isso, e quando é preso – mas o valor que a vida tem parece ser inútil. Desprezível totalmente. Leis devem ser cumpridas com rigor e com a mesma força comparando com os demais crimes. Quem mata por desrespeitar as regras, deve pagar pelos seus atos. Devem pagar pelo crime durante um tempo bem maior. Mudanças na Lei são necessárias.

Um exemplo da fraqueza das leis de trânsito aconteceu há uma semana em Santarém, no bairro do Jardim Santarém, onde uma senhora ao atravessar a rua foi atropelada por um jovem que vinha, segundo informações de curiosos, em alta velocidade, jogando a velhinha a alguns metros da batida. O jovem continua solto, apenas vai dar uma quantia em dinheiro à família da vítima e ponto final. Enquanto que a pobre senhora morreu. Como se tudo isso fosse algo simples de se resolver. Morreu. Pagou. Acabou. E a vida continua.

Punir, portanto, com seriedade, com uma pena maior que a habitual, deve ser a saída, melhor, o ensinamento para essas pessoas que cometem homicídio no trânsito. Acidentes existem, mas matar no trânsito é crime, e quem o comete deve pagar atrás das grades por um bom tempo. Chega de cestas básicas, dinheiro, pois isso não traz a vida de volta, nem mesmo a prisão, mas fazer justiça, prender quem mata fortalece a família de quem perdeu um ente querido para um homicida no trânsito. Matar é crime! Pagar pelo erro durante anos na prisão deve ser a recompensa de quem tira a vida de alguém.

Tema: a maior punição (ou não) para os crimes de trânsito. Sugerido pelo mestre e professor-amigo Romy Eduardo.

domingo, 9 de setembro de 2012

O ato de amarrar o cadarço




Manias todos têm. Algumas são desnecessárias. Outras são tão importantes quanto à de prender ao pompom o cabelo de uma criança de 10 anos: amarrar o cadarço, por exemplo.

É tão necessário e ao mesmo tempo tão irrelevante que amarramos todos os dias os nossos cadarços, com toda dedicação, sincronismo, cautela, ou não, e nem damos atenção a quem se faz tão presente em nossas vidas, principalmente na hora de prender o sapato aos nossos pés: o próprio cadarço.

As posições são variadas, dependendo da região, do país, no entanto, todos atendem a mesma finalidade, objetividade: fazer duas “orelinhas”, cruzar os extremos, dar um nó e puxar para ter a certeza de que ali foi amarrado algo em alguma coisa, o cadarço do sapato no sapato.

Pode até parecer babaquice, mas tente não deixar de amarrar o cadarço e verás o quanto ele é importante amarrado e sua finalidade, objetividade...

Tema sugerido pelo Miguel Ângelo.

Só depende da “cabeça”




O progresso é válido para todos. O que não se pode aceitar é o crescimento, o desenvolvimento a qualquer custa. Alternativas eficazes e boas existem, mas sempre dependem das pessoas que as veem, que as têm, e da forma que elas usarão.

O exemplo disso é a imensa e deslumbrante Amazônia. A floresta é rica em recursos naturais, mas o pensamento é sempre de ganhar dinheiro em curto prazo, esquecendo-se das próprias gerações futuras e de que tudo irá terminar um dia. Resultado disso, desmatamento desordenado, lucro para um setor restrito da sociedade e para outro, pobreza e descaso.

Saber, portanto, lidar conscientemente, racionalmente e de um jeito que possa trazer o progresso à população sempre, exclusivamente, dependerá das pessoas que detêm das mais belas e fascinantes ideias. 

Tema sugerido pelo Eduardo.

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Bullying é diversão, faz bem...



O bullying é uma graça. Quem nunca apelidou o colega de turma e foi apelidado também? Existem muitos outros problemas, que realmente merecem cuidados especiais e nada é feito. Por que apelidos do tipo “cabeção”, “magrelo”, “feio”...vão ter que mudar a cultura dos adolescentes?  Bullying é diversão.

A criminalização do bullying é pedir para tornar os jovens recatados, sérios, e isso com certeza não é nada satisfatório. Não gostou de ser apelidado, se apelide, apelide o outro que o apelidou também, leve na esportiva,não ligue, finja que gostou, uma hora passa. O problema é que as pessoas se importam muito com o que os outros falam e acabam se sentindo completamente inferiores. Babaquice isso. E a situação acaba sendo engraçada também.

Imagine como seria a sociedade vivendo com medo de reprimenda por brincar, apelidar o colega? Os jovens não seriam jovens. Implicar com o amigo é uma fase, todos já passaram ou irão passar por isso. Têm adultos que até hoje se divertem em zombar  do outro, e nem por isso se tornaram melhor ou pior. Apenas se divertiram e se divertem. Tornar o bullying um crime é perda de tempo.

Bullying, portanto, é para gente forte. Não há nada demais em apelidar os outros. As gerações mais antigas são a prova disso. O que falta para os jovens é  ter mais contato com outras pessoas, deixar de muito dengo e viver. Moleque que é moleque, homem ou mulher, especialmente os meninos,  não se sente deprimido com apelidos. Proteção demais leva à dependência, a pessoa se sente fraca, não consegue enfrentar a vida, é frágil. Ser jovem é conviver com outros jovens na rua, brincando, jogando futebol, peteca, papagaio, brincando de adoleta, boneca para as meninas, e deixar um pouco o computador, o celular e o quarto onde vegetam de lado. 

terça-feira, 14 de agosto de 2012

A hora do sufrágio




A hora mais aguardada de qualquer político está por vir. Os discursos são parecidos, as acusações contra os candidatos rivais também. O "jogo de xadrez" começou e o voto precisa ser bem valorizado e direcionado. O ano é 2012, a eleição é em Outubro, já os políticos, são quase os mesmos. Concentração, cautela e muita responsabilidade para votar, porque uma “coisa” político sabe fazer bem: lavagem cerebral, convencer, justificar...

A população deve estar super atenta e deixar de se preocupar um pouco com novelas, “ fofoquinhas” de TV e se interessar mais pelo o que está acontecendo no Brasil. A maioria se diz esperta, saber muito bem em quem votar, entender sobre política, mas a verdade é outra. O momento chegou novamente, as propostas também, as promessas continuam sendo apenas promessas, e saber escolher o candidato correto – melhor – o mais compromissado com o povo é importantíssimo.

A juventude vem em peso nesta nova eleição, principalmente as que tentam buscar uma vaga na Câmara Municipal. Mas não adianta apenas ser jovem, ter uma ideia diferente, é preciso ser seguro diante da “sujeira” que a nossa política vive há décadas. Além disso, o principal, honrar as propostas, os esclarecimentos feitos em prol da sociedade. Mais uma vez, então, é válido frisar ao povo da responsabilidade, do interesse em estudar cada partido político durante esse tempo de campanha, para se fazer a melhor escolha e o mesmo possa representar a cidade com honestidade e compromisso.

As eleições, portanto, estão a caminho, o momento, mais uma vez, é de tentar mudar a “cara” da cidade em que se vive, buscando o que todos os candidatos propõem: condições boas para a atuação de médicos, enfermeiros e dos demais profissionais da saúde; saneamento básico nos bairros; educação, com mais incentivos aos professores, seja financeiro ou estrutural; as necessidades básicas em geral para toda e qualquer cidade “respirar” com mais tranquilidade e que o povo consiga viver bem melhor. Vote com consciência daqui a alguns meses, e estude cada candidato, para que no decorrer do mandato não se arrependa. Seja inteligente!

domingo, 12 de agosto de 2012

Dia dos Pais


Mais um dia para se comemorar, mais um dia para agradecer às pessoas maravilhosas que nos cercam. Dessa vez os homenageados são vocês, homens da luta de todos os dias, da família, de cada gota de suor escorrido para colocar em nossas casas o melhor...Em especial, dedico esse agradecimento ao meu pai Manoel Vieira da Silva, o meu amigo de verdade, a quem tenho grande satisfação de chamá-lo de pai, apesar de minhas desobediências, normal de filho, que fez e faz muito por/para mim e para a minha família, mas também vale para todos os demais pais que participam dessa comunidade, desse grupo chamado facebook, blog, twitter... Que cada pai, portanto, independente da idade, da cor, da classe social, enfim, que vocês continuem sendo pai, fazendo realmente esse papel fundamental para qualquer família. Aos que ainda não se deram conta dessa enorme responsabilidade, aproveitem o dia e pense, pense muito bem no futuro desse garoto, garota que para eles você é o grande espelho. Valorize a família, a vida de cada um. Feliz Dia Dos Pais.